Encaminhado para voltar ao São José, Ricardo Costa mira projeto consistente para buscar acesso

Marcos Eduardo [email protected] | @jornalovale

O São José segue sem saber quando vai começar o Campeonato Paulista da Quarta Divisão. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a situação ainda está indefinida. Porém, uma coisa parece cada vez mais certa: a contratação do técnico Ricardo Costa, que viria para a segunda passagem pelo clube (a primeira foi em 2018) e em busca de um trabalho estruturado para buscar o acesso.

Depois de deixar o Capivariano, que está na Série A-3, o treinador ficou livre para acertar com a Águia. A conversa, que já vinha acontecendo desde o primeiro semestre, fica cada vez mais definida. Esta semana, o próprio Ricardo Costa admitiu pela primeira vez que está bem encaminhando com o São José.

"Está bem encaminhado, mas a gente não chegou a bater o martelo ainda", afirmou Costa, em entrevista à Rádio Piratininga, de São José dos Campos, na última quinta-feira.

Em outro trecho da entrevista, ele ainda elogiou o elenco que vem sendo montado -- mas mantido em sigilo pela diretoria. "O São José está no caminho certo, está contratando bem e, independente do Ricardo ser o treinador, é um forte candidato ao acesso, até pela história e camisa do São José", afirmou.

Um dos jogadores que está praticamente acertado é o atacante Lucas Lima, um dos destaques da Águia em 2018, sob comando de Ricardo Costa. Naquele ano, o São José perdeu o acesso no último jogo, sofrendo um gol nos acréscimos, contra o Comercial.

O treinador disse, ainda, que ser for treinar uma equipe da Quarta Divisão este ano, será apenas o São José. "Já disse para o Robertinho (da Padaria, gestor de futebol do clube) que nesta divisão não treinaria outro time que seja o São José", afirmou.

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.