Vasco busca classificação em duelo contra o Madureira

Gazetapress | @jornalovale

O Vasco estava quase eliminado do Campeonato Carioca, mas a vitória sobre o Macaé manteve as chances de classificação para as semifinais da Taça Rio. Nesta quinta-feira, os cruzmaltinos terão pela frente o Madureira, em São Januário, a partir das 20h.

A situação dos vascaínos segue complicada. A equipe comandada por Ramon Menezes precisa vencer e torcer por uma derrota do Volta Redonda. Caso o Voltaço empate com o Resende, o Vasco terá que derrotar o Tricolor Suburbano por três gols de diferença.

Mesmo com a classificação complicada, o clima no Vasco é de confiança. A boa atuação na estreia de Ramon Menezes deu esperança para a equipe. O meia Fillipe Bastos destacou a vontade do elenco cruzmaltino.

"A gente está com muita fome. Primeiro precisamos fazer nosso trabalho com o Madureira, torcer para classificar. E se deixar chegar, com a vontade que a gente tem, vai ser difícil segurar", disse.

O volante, que voltou a ser titular com Ramon Menezes, destacou que o Vasco está focado no dever de casa.

"Primeiramente, temos que focar no nosso trabalho. Não adianta o Resende ganhar lá e a gente perder o nosso jogo. Precisamos trabalhar mais do que no jogo do Macaé. Precisamos fazer um bom jogo, e com boa vitória porque sabemos que o saldo de gols pode fazer diferença para gente. Para que a gente consiga vitória e o Deuses de futebol botem a gente na semifinal", declarou.

Para esta partida, Ramon Menezes deve manter a formação que iniciou o jogo contra o Macaé. Guarín, que voltou aos treinos nesta semana, segue fora para aprimorar a parte física.

Já o Madureira não vai a passeio para São Januário. A equipe ainda tem chance de classificação, mas também torce por um tropeço do Volta Redonda.

FLUMINENSE.

O Fluminense foi derrotado na volta do Campeonato Carioca, mas volta a campo nesta quinta-feira, contra o Macaé, em Saquarema. Os tricolores buscam assegurar a liderança do grupo B nas semifinais da Taça Rio.

Mesmo fora de casa, o Fluminense vai em busca do bom resultado para apagar a fraca atuação diante do Volta Redonda. O zagueiro Nino destacou que o pensamento é de mostrar uma nova postura contra o Macaé.

"Todo jogo é importante. E quando você vem de uma derrota, é ainda mais importante para você dar uma resposta positiva a aquilo que ocorreu. Quando acaba o jogo, a gente já fica ansioso para jogar o próximo, porque a gente quer mudar a imagem que a gente deixou dentro de campo. Ninguém ficou feliz. O jogo é de extrema importância e estamos bastante focados neste jogo para voltar a vencer, para classificar, classificar bem e trabalhamos para que tudo dê certo", disse.

A derrota no fim de semana fez o Fluminense perder a liderança geral do Estadual. Com isso, os tricolores precisam conquistar a Taça Rio para chegarem a final do Carioca.

Nino minimizou o fato e ressaltou que o pensamento é apenas depender de si para conquistar o título. "Nós entendemos que nós ainda temos a chance de ir para a final. Tem o caminho pela Taça Rio e esse caminho que a gente vai percorrer. E a gente vai tentar até o final buscar essa classificação para a final e esse título. Sem se abalar com uma derrota ou por causa de uma perda de colocação, porque a gente sabe que ainda tem muita coisa boa pela frente e a gente ainda pode render muito mais", declarou.

Para esta partida, o técnico Odair Hellmann fez alterações no Fluminense. O lateral esquerdo Egídio, suspenso, vai dar lugar a Orinho. Já Nenê e Wellington Silva, liberados pelo departamento médico após testarem negativo para Covid, entram nas vagas de Ganso e Evanílson.

O Macaé, sem qualquer pretensão no Campeonato Carioca, se despede da competição sendo uma das piores do Estadual.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.