Judoca joseense apoia adiamento dos Jogos Olímpicos de 2020

Marcos Eduardo Carvalho | [email protected]

O judoca joseense Rafael Macedo, da categoria até 90 quilos, brigava por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que nesta terça de manhã foram adiados por conta da pandemia de coronavírus. A competição, que começaria no dia 24 de julho, agora ficou para o ano que vem.

Apesar da frustração com o adiamento, o atleta apoia a decisão do COI (Comitê Olímpico Internacional) e promete treinar ainda mais forte, quando acabar a quarentena, para voltar à rotina. Atualmente, e ele está em casa. 

"Estou em casa há alguns dias e acho que foi a decisão mais sensata, foi a melhor decisão a ser tomada neste momento. Todos temos um problema muito maior. Temos que pensar nos mais idosos, que são os mais afetados nessa situação", disse em vídeo.

"Então acho que é o momento da população se unir e quando passar tudo isso, vou retomar os treinamentos e vou me preparar melhor ainda para o ano que vem e vou treinar ainda mais forte no ano que vem", ressalta o atleta joseense, que atualmente compete pelo Sogipa-RS.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.