São José é atropelado em casa pelo Bauru e sofre a oitava derrota seguida no NBB

Marcos Eduardo Carvalho | [email protected]

O São José acumulou sua oitava derrota consecutiva na edição 2019/2020 do NBB (Novo Basquete Brasil). Nesta sexta-feira, foi atropelado por 108 a 80 para o Bauru, 28 pontos de diferença, no ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos, e momentaneamente caiu para o 15º e penúltimo lugar na classificação geral.

Os joseenses seguem com apenas três vitórias na competição nacional e cada vez mais longe da classificação entre os 12 primeiros colocados que vão aos playoffs. O Bauru, concorrente direto, soma seis vitórias e se distanciou um pouco mais.

O São José, comandado pelo técnico Paulo Cézar Jaú, havia vencido os bauruenses fora de casa no primeiro turno. Mas, no Caldeirão, não conseguiu repetir o desempenho. O time não sabe o que é uma vitória desde 20 de novembro, quando passou pelo lanterna Pato Basquete.

O time da região volta a jogar na terça-feira, quando recebe o São Paulo, a partir das 19h, no Caldeirão.

O JOGO.

No primeiro quarto, o Bauru começou melhor, abriu boa vantagem e a defesa joseense, mais uma vez, deixava a desejar. A vantagem passou dos dez pontos em determinado momento. Nos minutos finais, ao menos, o São José reagiu e diminuiu para quatro pontos: 30 a 26.

No segundo quarto, os joseenses chegaram a encostar no placar, diminuíram para um ponto em determinado momento, mas não conseguiram passar à frente, mesmo com uma inspirada atuação de Duda Machado, que no primeiro tempo marcou 18 pontos. O time foi para o intervalo três pontos atrás: 51 a 48.

Depois do intervalo, porém, toda a reação do segundo quarto foi por água abaixo. Em mais uma atuação desastrosa em um terceiro quarto, o São José simplesmente levou 34 pontos do Bauru, que fechou o período com 19 pontos de vantagem. Os erros em sequência no ataque e na defesa fizeram com que os visitantes fechassem em 85 a 66, deixando a vitória mais bem encaminhada.

No último quarto, o Bauru controlou o placar e ainda ampliou a vantagem. A apesar da derrota, Duda, do São José, foi o cestinha do jogo, com 22 pontos. No Bauru, com 17 pontos e 11 assistências, Faggiano dez um double-double (dois dígitos em dois fundamentos).

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.