Brasil é atropelado pela Argentina em dia de Messi

Gazetapress | [email protected]

O Brasil completou sua quinta partida sem ganhar na tarde deste sábado. No reencontro com a Argentina após a polêmica semifinal da Copa América, o time comandado pelo técnico Tite sofreu um gol de Lionel Messi e amargou o quinto amistoso seguido de jejum (três empates e duas derrotas).

Logo no começo da partida, Gabriel Jesus sofreu pênalti e, na cobrança, chutou para fora diante de Andrada. Pouco depois, Messi teve a chance de executar penal e também errou, mas definiu no rebote de Alisson. No segundo tempo, o Brasil foi incapaz de criar chances de gol e ainda tomou sustos na defesa.

Em jejum desde o título da Copa América, a Seleção Brasileira tem apenas mais uma chance para reencontrar a vitória nesta temporada. Às 10h30 (de Brasília) desta terça-feira, em Abu Dhabi, o time dirigido por Tite encontra a Coreia do Sul no último amistoso do ano.

O Jogo – O Brasil desperdiçou uma grande chance de sair na frente logo aos 8 minutos do primeiro tempo, quando Gabriel Jesus recebeu de Roberto Firmino após vacilo de Foyth e sofreu pênalti de Pezzella. Na cobrança, o ex-jogador do Palmeiras bateu para fora.

Aos 12 minutos, Messi avançou pela direita, encarou a marcação de Alex Sandro e sofreu pênalti. Na cobrança, o camisa 10 bateu no canto direito de Alisson e viu o brasileiro espalmar. Atento, o argentino completou no rebote e inaugurou o marcador no amistoso.

De frente para o gol, Messi teve nova chance ao pegar a sobra de Militão, mas bateu contra a marcação do brasileiro. Nos acréscimos, após erro de passe de Arthur, Messi arrancou com a bola dominada e, de frente para o gol, chutou para defesa segura de Alisson.

Na tentativa de melhorar a articulação de jogadas ofensivas do Brasil, Tite colocou Philippe Coutinho no lugar do apagado Lucas Paquetá. Em uma rara chance no começo do segundo tempo, Ocampos desceu pela direita e bateu forte, por cima do gol de Alisson.

Em nova chegada da Argentina, após sofrer falta de Militão, Messi cobrou direto para o gol e Alisson desviou para escanteio. Sem correr riscos no campo de defesa, a equipe celeste assustou por meio de chute de longe disparado por Paredes e espalmado por Alisson.

Na melhor chance do segundo tempo, Acuña cobrou escanteio pela esquerda, Militão desviou de cabeça e a bola sobrou limpa para Lautaro Martinez chutar por cima. A despeito das alterações de Tite, a Seleção Brasileira foi incapaz de criar chances de gol no segundo tempo.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 0 x 1 ARGENTINA

Local: Estádio King Saud University, em Riad (Arábia Saudita)

Data: 15 de novembro de 2019 (Sexta-feira)

Horário: 14h(de Brasília)

Árbitro: Matthew Conger (NZL)

Assistentes: James Rule (NZL) e Tevita Makasini (TON)

Cartões amarelos: Danilo, Militão e Casemiro (BRA); Tagliafico, De Paul e Paredes (ARG)

Gol:  Messi (12 minutos do 1º Tempo)

BRASIL: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Militão e Alex Sandro (Renan Lodi); Casemiro (Wesley), Arthur (Fabinho) e Lucas Paquetá (Philippe Coutinho); Gabriel Jesus (Richarlison), Willian (Rodrygo) e Roberto Firmino

Técnico: Tite

ARGENTINA: Andrada; Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes (Rodriguez), De Paul (Dominguez) e Lo Celso (Acuña); Ocampos (Gonzalez), Lautaro Martinez (Alario) e Lionel Messi

Técnico: Lionel Scaloni

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.