Logo Jornal OVALE

FAGNER FOCADO NO CORINTHIANS APÓS RETORNO

BRASILEIRÃO. JOGADOR NEGA QUE TENHA RECEBIDO PROPOSTAS PARA DEIXAR O TIMÃO NESTA TEMPORADA

Gazetapress @jornalovale | [email protected]

Após vencer a Copa América com a Seleção Brasileira, o lateral direito Fagner retornou ao Corinthians para o restante da temporada e deu entrevista coletiva nesta quarta-feira. Perguntado sobre a possibilidade de sair do Alvinegro, o camisa 23 informou que ainda não foi comunicado sobre nenhuma proposta.

"Sinceramente, até agora não chegou nada, não estou sabendo de nada. Estava focado na Copa América, agora volto para cá pensando em ajudar da melhor forma possível. Tenho certeza que, se chegar alguma coisa, o presidente vai informar", disse o lateral.

Após a saída do diretor Edu Gaspar da CBF rumo ao Arsenal, Fagner teve seu nome ligado ao clube inglês como possibilidade de reforço para a próxima temporada. Desde 2014 no Corinthians, o lateral já disputou 297 partidas no Timão, com 150 vitórias, 76 empates e 71 derrotas, além de dois títulos do Campeonato Brasileiro (2015 e 2017) e três títulos do Paulista (2017, 2018 e 2019).

CÁSSIO.

O goleiro Cássio retornou aos treinos do Corinthians na tarde desta quarta-feira após conquistar a Copa América com a Seleção Brasileira, no último domingo, e provocou um momento hilário na entrevista concedida no CT Joaquim Grava. Questionado sobre o fato de não aparecer com a camisa verde, distribuída aos goleiros para treinos e aquecimento na equipe de Tite, o arqueiro tentou se esquivar de qualquer polêmica a respeito da cor do rival Palmeiras.

"Não, não (risos). Aqui no clube a gente também treina de moletom, aí coincidiu de ser azul", comentou o gigante, "traído" por Fagner, que estava sentado ao seu lado. Assim que o arqueiro começou a falar, Fagner não segurou o riso e agiu como se o companheiro estivesse se enrolando na fala.

A "coincidência" chamou a atenção de quem cobriu os treinos e jogos da Seleção. O corintiano sempre fez questão de aparecer com um agasalho azul por cima da roupa verde, enquanto Alisson e Ederson surgiram várias vezes apenas com a camiseta de treinamento. Nem mesmo os lugares quentes, como Salvador, fizeram com que ele aparecesse de verde. Um raro "deslize" se deu no aquecimento para encarar a Venezuela..