Qual é o prazo? Previsão de conclusão das obras na Tamoios

Da Redação | @jornalovale

Menos de um ano.

Essa é a previsão do governo estadual para a entrega definitiva da Nova Tamoios, incluindo a pista da serra e dos contornos entre Caraguatatuba e São Sebastião.

A duplicação do trecho de planalto foi entregue em janeiro de 2014.

Atualmente, a obra mais avançada é a da nova pista da serra, que está com 90% do seu andamento concluído e tem previsão de término no mês de fevereiro de 2022, portanto a menos de um ano, mas com três anos de atraso do cronograma inicial, que previa a entrega em abril de 2020.

Ali, as obras continuam a todo o valor e superando os inúmeros desafios de engenharia e ambientais, como atesta a responsável pelos trabalhos, a construtora Queiroz Galvão.

“Os principais pontos da obra hoje estão dentro dos túneis. Restando apenas 500 metros de escavação, 8,4 km de pavimento rígido e a montagem dos sistemas eletromecânicos (ventilação, iluminação, monitoramentos e combate a incêndio). Os viadutos estão todos concluídos”, informou a empresa.

A obra empregou 2.694 trabalhadores para dar conta de construir uma nova pista da serra da Tamoios, que servirá para a subida dos veículos. A descida será pela pista antiga da serra, que também recebeu melhorias.

“Recuperamos sete curvas que foram alargadas, melhoramos a drenagem e fizemos contenções para a questão da chuva. Mesmo que sejam sutis, essas melhorias deixam a estrada melhor do que antes de quando assumimos”, declarou Marcelo Stachow Machado, presidente da Concessionária Tamoios. “Fizemos obras para minimizar os fechamentos”.

CONTORNOS.

A dúvida para manter o cronograma de entrega de toda a rodovia duplicada é o término das obras dos contornos entre Caraguatatuba e São Sebastião, cruciais para o completo desenvolvimento da rodovia.

Os serviços começaram em outubro de 2013 e paralisaram cinco anos depois, em 2018, após série de problemas. A extensão da via é de 24,6 km e, segundo o governo, os trabalhos estão com 76,4% das obras concluídas.

A meta é entregar juntamente com a nova pista da serra, no primeiro trimestre de 2022. O anúncio será feito em breve.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.