OVALE bate recordes de visualização na cobertura da pandemia da Covid-19

Da redaçã[email protected] | @jornalovale

Novo recorde!

Em meio à epidemia de fake news e à pandemia da Covid-19, que assolam o planeta, informação com credibilidade tornou-se ainda mais imprescindível.

OVALE é prova disso.

O jornal atingiu 55 milhões de visualizações no site e redes sociais entre março e maio.

Antídoto contra notícias falsas em um tempo marcado por ataques à imprensa, OVALE nunca foi tão lido, assistido, compartilhado, curtido e clicado.

Para atender a demanda crescente por conteúdo, em razão do novo vírus, o jornal intensificou a cobertura digital.

Nas plataformas online, OVALE passou a receber conteúdo da 'Agência O Globo', duplicando o seu noticiário nacional e internacional com reportagens de política, saúde e ciência, entre outras editorias.

Além de bater sucessivos recordes de views no site e manter a liderança nas redes sociais, com o maior alcance e engajamento, o jornal inovou.

"Diante da crise, OVALE reinventou-se para atender essa demanda por informações críveis, consolidando-se como principal gerador de conteúdo jornalístico da RMVale, independentemente da plataforma. O jornal nunca foi tão presente na vida do leitor. É uma excelente notícia em um momento tão dramático, em que a credibilidade é o antídoto contra a epidemia de fake news", disse o editor-chefe de OVALE, Guilhermo Codazzi.

O jornal ainda criou o 'Verifica OVALE' (ferramenta de checagem para combater fake news, que diariamente ajuda o leitor a não cair em notícias falsas que circulam nas redes), o 'Escola de Notícia' (programa de vídeo voltado para alunos e docentes, com o beabá contra a indústria de boatos) e campanhas como a 'Heróis de Jaleco' e 'Arte em Casa', com homenagem para os profissionais de saúde e espaço para artistas, respectivamente.

O 'Documento OVALE', caderno especial do Núcleo de Jornalismo Investigativo, passou a ser semanal e não mais mensal, ganhando o dobro do número de páginas na edição impressa.

Para dar mais detalhes sobre o combate à pandemia, OVALE criou o 'Gabinete de Crise'.

Outra novidade é o 'ValeSaber', projeto inédito em que o jornal passou a oferecer três meses de assinatura grátis para médicos, advogados, além de professores e estudantes da Unitau (Universidade de Taubaté) e Univap (Universidade do Vale do Paraíba), os maiores centros universitários da região..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.