RMVale gera 3922 empregos em fevereiro e tem melhor saldo desde 2007

Servios, indstria e construo civil lideram a retomada de empregos no comeo de 2021

@Da redao | @jornalovale

O Vale do Paraíba registra saldo positivo de 3.922 empregos em fevereiro, como aponta o Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, cujos dados foram divulgados nesta terça-feira (30).

Trata-se do melhor desempenho para o segundo mês do ano de toda a série histórica da pasta, que começa em 2007. Até então, o recorde para o mesmo período era o saldo de 3.050 empregos de fevereiro de 2008.

Na comparação com fevereiro de 2020, quando a região abriu 2.426 vagas, o saldo deste ano representa um crescimento de 62%.

O surpreendente resultado de fevereiro elevou para 4.566 o saldo positivo de emprego no primeiro bimestre de 2021, com 37.689 admissões e 33.123 desligamentos. Já o acumulado dos últimos 12 meses continua com saldo negativo, de 8.773 empregos perdidos entre março de 2020 e fevereiro deste ano.

No país, o segundo mês de 2021 registrou saldo de 401.639 postos de trabalho. O acumulado do ano tem saldo de 659.780 empregos.

“O Caged surpreendeu, e muito, até mesmo o mais otimista dos agentes ao exibir criação líquida de 401,6 mil postos de trabalho”, disse Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, consultoria que tem escritório em São José dos Campos.

SETORES

Serviços foi o setor da economia que mais gerou postos de trabalho formais no Vale, no primeiro bimestre, com 2.250 vagas. A indústria vem em seguida, com 1.640 postos de trabalho, e depois a construção civil, com 1.351. A agropecuária gerou 119 vagas. O comércio foi o único setor com resultado negativo, de 794 empregos perdidos.

O saldo positivo no início do ano é um alento depois de a região terminar 2020 perdendo 10.397 postos de trabalho, segundo dados ajustados pelo Caged.

CIDADES

Trinta das 39 cidades do Vale tiveram saldo positivo de emprego no primeiro bimestre de 2021, com destaque para os maiores municípios: São José dos Campos (1.340), Jacareí (640), Pindamonhangaba (583), Caçapava (582) e Taubaté (511).

Nove cidades do Vale tiveram saldo negativo, entre elas Caraguatatuba (-329), Aparecida (-139), Guaratinguetá (-126), São Sebastião (-108) e Campos do Jordão (-42).

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido, assistido, curtido e compartilhado. So mais de 23 milhes de visualizaes por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao da edio impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.