Contra coronavrus, Ford suspende a produo na Amrica do Sul

Produo na fbrica de Taubat vai parar em 23 de maro

A Ford informou que irá suspender temporariamente a produção em suas fábricas no Brasil --Camaçari (BA), Taubaté e na unidade da Troller, em Horizonte (CE)– e na fábrica de Pacheco, na Argentina, em resposta ao crescente impacto do coronavírus na América do Sul.

A medida entra em vigor em 23 de março, no Brasil, e na Argentina no dia 25 de março.

Segundo a montadora, o objetivo é manter os funcionários em segurança e ajudar a limitar a propagação do vírus, além de ajustar os volumes de produção à redução na demanda dos consumidores gerada pela situação sem precedentes.

A paralisação será feita após a Ford adotar outras medidas para minimizar o impacto da doença, como trabalho remoto, limitação de visitantes nas fábricas e escritórios e aumento da frequência da limpeza nas instalações, entre outras.

“A maior prioridade da Ford é sempre a segurança e o bem-estar de nossos funcionários e parceiros. Essa ação adicional ajudará a reduzir o risco de disseminação do COVID-19, ao mesmo tempo em que potencializa a saúde dos nossos negócios durante esse período desafiador para toda a economia”, afirma Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

Em Taubaté, a suspensão temporária da produção entra em vigor no dia 23 de março, com a retomada das atividades programada para 13 de abril.

“Em situações sem precedentes como esta, mais do que nunca é fundamental colocar nosso time em primeiro lugar", disse Watters.

"Continuaremos trabalhando em estreita colaboração com os sindicatos e outros parceiros locais para explorar protocolos e procedimentos adicionais para ajudar a impedir a disseminação do vírus e definir novas práticas de trabalho para nossos planos de retorno das operações com base no que aprendemos".

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.