Promessa de Ortiz, nova UPA para a parte alta ficará no papel

Na eleição de 2016, tucano prometeu construir nova UPA, mas Ministério da Saúde diz que não recebeu solicitação

Julio Codazzi @juliocodazzi | @jornalovale

Promessa do prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), na eleição de 2016, a construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na parte alta da cidade não sairá do papel.

Passados mais de três anos de mandato, o Ministério da Saúde informou à reportagem que não recebeu nenhuma solicitação do município para a implantação de uma nova unidade. Questionado pelo jornal, o governo tucano não comentou o não cumprimento da promessa.

Essa não é a primeira promessa relacionada a UPAs que Ortiz deixa de cumprir. Na eleição de 2012, o tucano prometeu construir quatro dessas unidades na cidade, mas implantou apenas duas. A UPA do San Marino foi inaugurada em dezembro de 2015, com 21 meses de atraso, e levou ao fechamento do PA (Pronto Atendimento) do Gurilândia. Já a UPA do Santa Helena foi inaugurada em dezembro de 2016, com 18 meses de atraso.

Na eleição de 2016, para alegar ter cumprido a promessa de 2012, Ortiz alterou o nome das três mais antigas unidades de urgência e emergência do município - o PSM (Pronto Socorro Municipal) passou a ser chamado de UPA Central; o PSI (Pronto Socorro Infantil) virou UPA Infantil; e o PA do Cecap recebeu o nome de UPA do Cecap. Essa manobra não é reconhecida pelo Ministério da Saúde. Ou seja, o governo federal não auxilia no custeio mensal dessas três unidades que tiveram o nome alterado..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.