Em 2019, entrada de jovens no mercado sofre queda no Vale, aponta ministério

DADOS. A modalidade do 1º Emprego caiu 1% em 2019 na comparação com o ano anterior, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Foi a 10ª retração consecutiva do ano passado, sempre considerando o saldo acumulado.

A boa notícia é que foi o menor percentual de retração. Entre janeiro e abril, a queda havia sido de 13%, a maior do ano.

Segundo o Caged, o 1º Emprego registrou 21,1 mil contratações em 2019 contra 21,3 mil em 2018 --206 admissões a menos.

No mesmo período, o reemprego (desempregado que é contratado) subiu 6,36% no Vale, de 155,1 mil para 165 mil..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.