Startup do Vale mira matricular 1 milho de estudantes em faculdades

Plataforma da startup Quero Educao, de So Jos, a Quero Bolsa matriculou 600 mil alunos desde 2012 e quer mais 400 mil

Xandu [email protected] | @xandualves10

A plataforma Quero Bolsa, principal produto da startup Quero Educação, de São José dos Campos, assumiu o desafio de chegar a 2022 com 1 milhão de estudantes matriculados em faculdades privadas no país.

Para se ter ideia, a plataforma ajudou a colocar 600 mil estudantes no ensino superior desde 2012, quando foi criada, todos com bolsa de ensino, média de 85,7 mil matrículas por ano.

A Quero Bolsa quer mais do que dobrar a média e matricular 400 mil estudantes nos dois próximos anos.

Para tanto, o site da plataforma reúne mais de 1 milhão de vagas em mais de 1.000 instituições espalhadas por todas as regiões do Brasil.

Pode-se dizer que o desafio começa a ser trilhado nesta sexta-feira, data da divulgação da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que pode ser usada para o ingresso em mais de 100 faculdades privadas por todo o país.

No site da Quero Bolsa, o aluno pode cadastrar a nota no Enem e simular a entrada numa dessas universidades.

"Viramos uma empresa de inteligência e mostramos para as instituições de ensino como podem ser mais eficientes. Passamos de apenas colocar os alunos dentro da faculdade para ser solução no ensino superior", explica Rui Gonçalves, gerente de Relações Institucionais da Quero Bolsa. "Nosso modelo se mostrou saudável para as faculdades, que não tinham alunos, e os estudantes, que não conseguiam pagar"..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.