Logo Jornal OVALE

Acordo encerra greve de ônibus em São Paulo

PROTESTO. Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo encerraram nesta sexta-feira, por volta das 16h, uma paralisação parcial contra a redução da frota e pela manutenção de postos de emprego. A categoria também reivindicava o pagamento do PLR, que estaria em atraso. A paralisação, que começou de madrugada, durou cerca de 12 horas.

Os motoristas e cobradores de ônibus protestavam contra cortes na frota, previstos em uma nova licitação do sistema de transporte público.

Também nesta sexta, o prefeito Burno Covas (PSDB) anunciou novos contratos com as empresas de ônibus, que agora valem por 15 anos e não 20, como ele gostaria.

Mais tarde, o acordo firmado com os manifestantes não vai impactar no preço das passagens de ônibus. "A população não precisa ficar aflita de que com o novo sistema isso vai ser repassado ao preço das passagens", disse o prefeito em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, da TV Bandeirantes..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.