Logo Jornal OVALE

Bolsonaro e a imprensa

Carlos Alberto Di Franco Doutor em Comunicao pela Universidade de Navarra |

A poltica brasileira est sendo sacudida por mudana cultural que, l fora e aqui, est transformando e subvertendo antigas estruturas de poder. Partidos e polticos tradicionais vo sendo substitudos por outsiders. Uma viso de mundo menos algemada pelo politicamente correto e mais conservadora perde a vergonha de se apresentar como alternativa. Jair Bolsonaro, com suas virtudes, defeitos e seu estilo "presidente mesa de bar", soube captar o pulsar profundo da sociedade. Isso explica boa parte do seu desempenho. Passou como tanque e arrasou o antigo mapa do poder: grandes partidos encolheram, velhos caciques foram pulverizados, antigas fontes desapareceram e a esquerda est literalmente no crner.

Bolsonaro, armado de uma comunicao polmica, est nas manchetes, nas pginas de poltica e nas discusses miditicas.

Isso ruim ou bom para o seu governo? incompetncia ou jogada ensaiada? Ser que tudo isso, aparentemente desconexo e incompreensvel e at mesmo desagradvel, faz parte de um jogo estudado, manifestao de uma estratgia pensada e implementada? cedo para chegar a uma concluso. Mantm sua militncia unida e motivada, mas corre o risco de perder o importante capital representado por aqueles que querem mais governo e menos confronto, mais dilogo e menos conflito. O Brasil, no esqueamos, um pas de consenso. No foi s a roubalheira que fez gua no projeto lulopetista de perpetuao no poder. Foi o cansao provocado pela estratgia do "ns contra eles".

A agressividade como forma de comunicao pode dar certo no curto prazo. Mas desgasta, e muito, numa perspectiva de mdio prazo.

No mundo da ps-verdade o que importa no objetividade dos fatos, mas a fora emocional das percepes.

O presidente da Repblica corre o risco de perder a batalha das percepes. A equipe montada por Jair Bolsonaro muito superior aos ministrios da era petista. Tem gente sria trabalhando: Paulo Guedes, Sergio Moro, Tarcsio Gomes de Freitas, general Heleno, o porta-voz da Presidncia, general Rgo Barros, Tereza Cristina, entre outros. No d para comparar com ministrios de recente e triste memria. Claro, h a dvida se os filhos se mostraro o seu tendo de Aquiles e o risco de indevidas tentativas de interferncia na Polcia Federal, no Coaf, etc. Bolsonaro tem falado demais. Produz espuma inconveniente para sua prpria imagem. Mas at o momento, justo reconhecer, o presidente no cruzou a fronteira, no feriu a lei, a constituio e o valores republicanos.

preciso analisar o atual governo com serenidade. Estou, a cada dia que passa, evitando pendurar etiquetas simplistas numa realidade que parece complexa. Tenho procurado pensar e refletir. Com esforo de compreenso da realidade, com cabea aberta e sem preconceitos. Creio que precisamos fugir do jornalismo de fofoca e de polmica superficial e mergulhar na anlise dos fatos. o modo mais eficaz para cobrir um governo inusitado..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.