Logo Jornal OVALE

Exportao de avies sobe 17,5% na regio este ano

Na contramo, a exportao de petrleo e carros caiu no Vale no quadrimestre, segundo o Ministrio da Economia

Xandu [email protected] | @xandualves10

Dos três produtos mais vendidos pela RMVale no exterior, apenas as aeronaves tiveram alta nas exportações no primeiro quadrimestre deste ano, segundo dados do Ministério da Economia.

O segmento saltou de US$ 766,9 milhões exportados entre janeiro e abril do ano passado para US$ 901 milhões em igual período deste ano, um crescimento de 17,50%. É o quarto período consecutivo com alta nas exportações de aviões pela Embraer, empresa que é uma das maiores exportadoras do país.

Em janeiro, a RMVale registrou alta de 50,33% na exportação de aeronaves, índice que ficou em 48,40% no primeiro bimestre e 14,64 no trimestre.

LEIA MAIS: RMVale aumenta dependência de óleo, avião e veículo na exportação

LEIA MAIS: Região tem superávit de US$ 1,9 bilhões no primeiro quadrimestre

 

Na contramão, os outros dois produtos principais da cesta de exportações da região reduziram as vendas nos primeiros quatro meses do ano. O destaque negativo ficou por conta dos automóveis, exportados por Taubaté, São José dos Campos e Jacareí. O volume caiu 26,51% nos quatro meses deste ano, com US$ 320,9 milhões ante US$ 436,7 milhões no primeiro quadrimestre do ano passado.

Depois de anotar alta de 285,24% em janeiro e 50% no primeiro bimestre, a exportação de petróleo recuou pelo segundo período consecutivo: -2,17% entre janeiro e março e -1,38% no quadrimestre.

As cidades venderam US$ 1,57 bilhão contra US$ 1,59 bilhão nos primeiros quatro meses de 2018. As principais exportadoras de petróleo são Ilhabela e São Sebastião.

Os resultados impactaram a cesta dos 10 produtos mais exportados pela região, com queda de -0,99%..