Logo Jornal OVALE

Cesta básica sobe 7,5% em março no Litoral Norte, aponta Módulo

A cesta básica alimentar subiu 7,56% no Litoral Norte em março na comparação com fevereiro, segundo pesquisa do Centro Universitário Módulo.

O levantamento utiliza metodologia similar à aplicada pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

O valor da cesta com 13 produtos básicos de alimentação chegou a R$ 459,08 em Ubatuba neste mês de março, contra R$ 426,83 em fevereiro, alta de 7,56%.

Em Caraguatatuba, no mesmo período, a cesta variou 5,51%, de R$ 425,39 para R$ 448,83.

Na capital, aponta o Dieese, a mesma cesta variou 5,54%, de R$ 482,40 para R$ 509,11.

Na comparação entre os meses de março de 2019 e de 2018, o preço da cesta aumentou 16,22% em Ubatuba (R$ 395,01 para R$ 459,08) e 15,64% (R$ 388,12 para R$ 448,83) em Caraguatatuba.

O Módulo explicou que a coleta de preços é feita, mensalmente, em seis supermercados, sendo três em Ubatuba e três em Caraguatatuba.

O levantamento mostra que, em Caraguatatuba, os produtos alimentícios que mais impactaram a alta da cesta básica foram tomate (23,43%), banana (11,11%) e batata (9,67%%). Em Ubatuba, entraram tomate (27,65%), café (18,22%) e batata (12,99%).

"O aumento no preço do tomate é consequência da redução da oferta devido ao fim da safra de verão e problemas climáticos", informaram os pesquisadores. "O aumento da batata é consequência do excesso de chuvas"..