Brasil

'Não podemos cruzar os braços', diz advogado ligado a grupo de oposição

26/06/2021 às 02:00.
Atualizado em 24/07/2021 às 01:08

AÇÃO. O advogado Marco Aurélio Carvalho, coordenador do grupo Prerrogativas e signatário de um dos mais de 120 pedidos de impeachment na Câmara contra o presidente Jair Bolsonaro, ressalta que alguma coisa precisa ser feita. "É muito grave ver um enorme crime de responsabilidade à nossa frente e cruzar os braços, sem punir quem o cometeu", disse ele, durante esta última semana. Mas, enquanto o impeachment ainda é algo incerto, os partidos já trabalham nos bastidores por uma candidatura forte que possa evitar uma reeleição do atual presidente. "O nosso compromisso, antes de ser com pessoas, com personalidades, com partidos, é com a democracia brasileira. O que tiver melhores condições de derrotar Bolsonaro terá o nosso apoio. Se for Lula, será Lula, se for Ciro, será Ciro, se for outra pessoa, será outra pessoa", disse na última semana o presidente do PSB, Carlos Siqueira..

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por