Prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, morre de complicações pós-Covid aos 71 anos

Agência O Globo | @jornalovale

RIO — O prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), faleceu aos 71 anos, nesta quarta-feira. O político, que também foi governador de Goiás, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e se recuperava da Covid-19, mas não resistiu a uma infecção pulmonar, em decorrência da doença, após mais de 80 dias internado.

Maguito Vilela estava internado no Eisntein desde o dia 27 de outubro do ano passado, onde permaneceu na UTI, realizando diálises e respirando  com auxílio de aparelhos. Mesmo internado, venceu as eleições, tomou posse por meio de um documento assinado eletronicamente e entrou em licença. O vice-prefeito, Rogério Cruz (Republicanos), assumiu a prefeitura.

Em seu perfil no Instagram, foi publicado uma nota sobre o falecimento: "É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, ocorrido nesta madrugada de 13 de janeiro. Internado desde o dia 22 de outubro para tratar da Covid-19, Maguito lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. A família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal. Assim que tivermos mais informações repassaremos".

A família vai providenciar o traslado do corpo para Goiás, e o sepultamento deverá ocorrer em Jataí, terra natal do político.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.