Durante encontro com apoiadores, Bolsonaro diz que cloroquina é a única possibilidade de cura contra a Covid-19

Agência O Globo |

O presidente Jair Bolsonaro comemorou neste sábado, na porta do Palácio da Alvorada, os testemunhos de pessoas que afirmam ter sido curadas da Covid-19 após uso de cloroquina. Apoiadores estavam no local carregando um cartaz fazendo propaganda do medicamento. Ele se negou a responder perguntas da imprensa, um dia após o vídeo de reunião do governo ser divulgado onde Bolsonaro fala sobre interferência nos ministérios.

Em rápida conversa com a imprensa, o presidente disse que "toma quem quer" a droga, mas que hoje ela é a única possibilidade de cura, embora não haja comprovação científica. Sem apresentar números e a origem da informação, Bolsonaro disse que "muitas pessoas foram curadas" pelo medicamento.

Ao se negar a responder aos questionamentos de repórteres, disse que falaria apenas aos cinegrafistas presentes na porta da residência oficial. Diante da reclamação dos profissionais de imagem sobre agressões de apoiadores do governo, Bolsonaro respondeu:

"Faço um apelo para ninguém agredir a imprensa".

O presidente também ouviu agradecimentos de apoiadores que consideram que ele "defendeu o povo" durante a reunião ministerial do dia 22 de abril, cuja gravação foi divulgada ontem após decisão do Supremo Tribunal Federal.

*Do Valor Econômico

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.