Brasil

'Sou Messias, mas não faço milagre', diz Bolsonaro sobre número recorde de mortes por coronavírus no Brasil

País confirmou mais 474 mortes pela nova doença, recorde diário, e subiu para 5.017 óbitos ao todo; número de mortes já ultrapassou a China, epicentro da doença, que registra oficialmente 4.643 óbitos

Publicado em 28/04/2020 às 21:02Atualizado há 24/07/2021 às 21:39
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) (Marcos Correa / PR)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) (Marcos Correa / PR)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira que 'não faz milagre', ao comentar sobre o Brasil ter batido o recorde diário de mortes registradas pelo novo coronavírus.

Em entrevista em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro ainda usou o nome do meio, Messias, para fazer trocadilho com a situação. "E daí? Lamento. Quer que eu faça o que? Eu sou Messias, mas não faço milagre", afirmou o presidente, em referência ao personagem bíblico.

Nesta quarta-feira o Brasil confirmou mais 474 mortes pela nova doença, recorde diário, e subiu para 5.017 óbitos ao todo. O número de mortes já ultrapassou a China, epicentro da doença, que registra oficialmente 4.643 óbitos.

Na entrevista, Bolsonaro, que ao fazer o trocadilho arrancou risos de apoiadores que acompanhavam, voltou a se dizer solidário a vítimas do coronavírus, mas reafirmou que a maioria são idosos. Ele também afirmou que os números de mortes devem ser tratados pelo ministro da Saúde, Nelson Teich.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: