Conduta de Mandetta tem 76% de aprovação

Mesmo que muitos teimem em desperdiçar o tempo, como faz o presidente Jair Bolsonaro, é o tempo que nos protege

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta sexta-feira aponta que a aprovação à maneira como o presidente Jair Bolsonaro tem agido na crise causada pelo coronavírus variou de 35% para 33% em relação ao último levantamento, feito entre os dias 18 e 20 de março.

A reprovação de Bolsonaro subiu de 33% para 39%, e a avaliação de que o presidente é "regular" foi de 26% para 25%, ambas dentro da margem de erro, indicando estabilidade.

As entrevistas foram feitas por telefone entre 1º e 3 de abril. O levantamento ouviu 1.511 pessoas e tem margem de erro de três pontos percentuais.

Além disso, mais da metade dos brasileiros (51%) julga que o presidente mais tem atrapalhado do que ajudado.

Ministério da Saúde

Já a aprovação das pessoas ao Ministério da Saúde, liderado por Luiz Henrique Mandetta, subiu 21% em relação a pesquisa anterior. Na ocasião, a pasta era aprovada por 55% das pessoas, contra 76% hoje.

Mandetta e Bolsonaro vêm discordando em algumas medidas para conter a pandemia de coronavírus, como o isolamento social. Na última quinta-feira, dia 2 de abril, em entrevista à Jovem Pan, Bolsonaro disse que "falta humildade" para o ministro da Saúde.

GOVERNADORES.

A pesquisa também avaliou a gestão dos governadores brasileiros. As aprovações são 58% ante 55% no levantamento anterior. Os que reprovam as gestões estaduais são os mesmos 16% da pesquisa anterior e os que avaliam o trabalho de seus governadores como regular são 23% agora ante 28% na última rodada.

As mais bem avaliadas são as do Nordeste (64% de aprovação), do Norte e do Centro-Oeste (61% de aprovação nas duas regiões).

De acordo com o Datafolha, 57% dos entrevistados consideram que a campanha do governador de São Paulo, João Doria (PSDB) para que as pessoas fiquem em casa é correta, enquanto 32% entendem as orientações do governador como erradas. 11% não sabem.

A campanha do tucano é mais aprovada entre os moradores do Nordeste (65%), entre jovens dos 16 aos 24 anos de idade (66%) e entre os mais ricos e instruídos (64%). As gestões municipais foram avaliadas como ótimas ou boas por 50%, enquanto 25% consideraram regulares e 22% ruins ou péssimas..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.