PGR defende que decisões sobre a pandemia sejam mais centralizadas

ANÁLISE. O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu nesta quinta-feira a centralização da tomada de decisões para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. "Epidemias são enfrentadas com órgãos centrais para que não se perca a cadeia de comando e não se permita o caos social", argumentou Aras, acrescentando que o Ministério Público deve seguir as recomendações da autoridade central de saúde do país a fim de evitar judicializações em excesso.

O entendimento do PGR foi apresentado para o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e membros do Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia da Covid-19. Na ocasião, Aras firmou acordo para troca de informações entre o MP e as autoridades de saúde municipais, estaduais e nacionais - o objetivo é dar agilidade ao fluxo de trabalho e ações de combate.

Aras acredita que o mais importante neste momento é levar consciência ao povo brasileiro. "Sem pânico, sem exageros, mas a consciência de que é preciso que trabalhemos todos em conjunto para superar o novo coronavírus".

O PGR informou que já destinou ao combate ao coronavírus cerca de R$ 2,5 bilhões, que incluem valores resultantes de acordos de colaboração premiada, de leniência e multas penais - incluso cerca de R$ 1,6 bilhão da Petrobras..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.