Ministro volta a defender isolamento como prevenção

IMPORTÂNCIA. Como forma de evitar que a situação chegue a um ponto crítico nos hospitais, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, voltou a recomendar a manutenção das medidas de distanciamento social que estão sendo adotadas.

"Se nós sairmos, se nós aglomerarmos, se nós fizermos movimentos bruscos e relaxarmos nesse grau de contágio, sim, você pode ficar com uma série de problemas em equipamentos de proteção individual. Sim, porque nós não estamos conseguindo adquirir de forma regular o nosso estoque", afirmou durante a entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, em Brasília.

"Quando acabar dessa epidemia, eu espero que nunca mais o mundo cometa o desatino de fazer 95% da produção de insumos que decidem a vida das pessoas em um único país", afirmou Mandetta, ressaltando que a China sempre foi o local primário de compra pelos baixos preços. Ele ressaltou ainda que "temos hoje todos os estados abastecidos", mas que gostaria de ter as compras feitas pelo governo, algumas canceladas, já sendo encaminhadas às secretarias estaduais..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.