Doria faz apelo para que prefeituras não suspendam transporte coletivo na crise

COLETIVO. O governador João Doria pediu aos prefeitos do estado que não paralisem o transporte público e nem interrompam os serviços de logística, limitando o acesso a aeroportos, portos ou estradas. Segundo ele, tais medidas iriam colapsar o sistema de abastecimento de alimentos e remédios e prejudicar profissionais de saúde e de outras áreas que precisam trabalhar nesse período de crise contra o coronavírus.

"Bloquear não significa medida adequada para salvaguardar vidas. Regular e acompanhar é forma correta, proibir, não, sob pena de colapso total no abastecimento de alimentos e insumos para tratamento de pessoas"..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.