Bolsonaro volta a distorcer OMS e equipara empregos e vidas

Bolsonaro voltou a enfatizar a necessidade de se implementar medidas para a preservao de empregos, cita os auxlios que j foram aprovados e, novamente, citou declarao do diretor-geral da OMS fora de contexto

Da redao @jornalovale | @jornalovale

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) amenizou o tom e pediu cuidado com a economia, mas distorceu um trecho da fala do diretor-geral da OMS (Organizao Mundial da Sade) em novo pronunciamento feito na noite desta tera-feira sobre o coronavrus.

Bolsonaro voltou a se manifestar contra as medidas de isolamento para preveno ao novo vrus, e, para isso, usou um trecho do discurso de Tedros Adhanom Ghebreyesus diretor da OMS, em que ele fala da importncia do cuidado com a populao. O presidente, no entanto, usou a fala para justificar sua rejeio s medidas adotadas, omitindo e tirando de contexto a frase anterior do prprio diretor, que dizia que os governos "precisam garantir o bem estar das pessoas que perderam a fonte de renda e que esto necessitando desesperadamente de alimentos e saneamento".

Durante seu discurso nesta noite, Bolsonaro citou diversas frases do discurso de Ghebreyesus, usando-as como justificativa para pedir a retomada parcial da economia.

Em tom mais ameno, ele tambm disse que fez pedidos especiais aos ministros da Sade, Luiz Henrique Mendetta, e da Economia, Paulo Guedes, para lutar contar o vrus.

Bolsonaro voltou a enfatizar a necessidade de se implementar medidas de preservao de empregos. "O efeito colateral das medidas de combate ao coronavrus no pode ser pior do que a prpria doena. A minha obrigao como presidente vai para alm dos prximos meses. Preparar o Brasil para a sua retomada, reorganizar nossa economia e mobilizar todos os nossos recursos e energia para tornar o Brasil ainda mais forte aps a pandemia."

Ele destacou polticas em defesa do emprego e da renda como a ajuda financeira aos estados e municpios. "Temos uma misso: salvar vidas, sem deixar para trs os empregos. Por um lado, temos que ter cautela e precauo com todos, principalmente junto aos mais idosos e portadores de doenas preexistentes. Por outro, temos que combater o desemprego, que cresce rapidamente, em especial entre os mais pobres"..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 8,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.