Guedes: aes totalizam R$ 700 bi contra o vrus

Nas contas do ministro, a liberao do Bolsa Famlia para 1,2 milho de famlias e as antecipaes do 13 salrio para aposentados e pensionistas garantir R$ 100 bilhes

Wellton Mximo Agncia Brasil | @jornalovale

As aes da rea econmica para reduzir os danos provocados pela crise do coronavrus totalizam R$ 700 bilhes, entre antecipaes de recursos, liberao de linhas de crdito e aumento de gastos pblicos, disse nesta sexta o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em vdeo postado nas redes sociais do ministrio, ele declarou que apenas a medida de renda bsica para os trabalhadores autnomos, aprovada na quinta, pela Cmara dos Deputados, resultar em gastos de R$ 45 bilhes nos prximos trs meses.

Nas contas do ministro, a liberao do Bolsa Famlia para 1,2 milho de famlias e as antecipaes do dcimo terceiro salrio para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), somadas ajuda aos autnomos, garantir praticamente R$ 100 bilhes em proteo para a populao mais desprotegida.

"A determinao do presidente Jair Bolsonaro que no vo faltar recursos para defender as vidas, a sade e os empregos dos brasileiros. Nenhum brasileiro vai ficar para trs. Ns vamos cuidar de todos e comeamos justamente protegendo os mais vulnerveis", disse.

O ministro citou ainda a liberao de R$ 200 bilhes de compulsrio (dinheiro que os bancos so obrigados a deixar depositados no Banco Central), de R$ 100 bilhes da Caixa Econmica Federal e de R$ 50 bilhes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social). Ele mencionou a ajuda de R$ 88 bilhes para estados e municpios, anunciada no incio da semana.

PRODUO.

Alm do choque sobre o sistema de sade, Guedes citou uma segunda ameaa sobre a economia brasileira: o colapso do abastecimento provocado por eventuais interrupes de atividades essenciais. O ministro disse que o isolamento social necessrio para enfrentar a pandemia, mas advertiu que a populao pode encontrar dificuldades em gastar a ajuda recebida caso a atividade econmica esteja desorganizada.

"Se ns no nos lembrarmos de que temos que continuar resistindo com a nossa produo econmica tambm, ns vamos ter aquele fenmeno onde todo mundo est com os recursos, mas as prateleiras esto vazias porque ns deixamos a organizao da economia brasileira entrar em colapso", declarou o ministro no vdeo..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 8,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.