Fiocruz comandará estudo clínico em novo centro

MEDIDA. A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) vai iniciar um grande estudo clínico no Brasil, parte de uma ação global da OMS (Organização Mundial da Saúde), sobre a covid-19. A fundação será a responsável, no Brasil, pela liderança do ensaio clínico Solidariedade (Solidarity), lançado na sexta-feira e que avaliará as melhores formas de tratamento para o novo conoravírus.

Para tanto, já foi iniciada a construção do Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19, uma expansão do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz). O local, uma unidade hospitalar de montagem rápida, vai ofertar, nos próximos 40 dias, 100 leitos para pacientes graves da doença e, posteriormente, mais 100 leitos.

As vagas serão reguladas pelo SUS (Sistema Único de Saúde), que indicará os pacientes a serem encaminhados para o local, que terá leitos para tratamento intensivo e semi-intensivo. "Ameaças globais exigem respostas globais e operação global. Essa é a importância desse estudo", disse a diretora do INI/Fiocruz, Valdiléa Veloso..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.