OCDE avalia impactos do confinamento nas grandes economias

ANÁLISE. Cada mês que as principais economias passam em confinamento diminuirão em 2 pontos percentuais (p.p.) o crescimento anual, afirmou nesta sexta-feira a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

"Nossas estimativas mais recentes mostram que o bloqueio afetará diretamente setores que representam até um terço do PIB nas principais economias", disse Ángel Gurria, secretário-geral da OCDE, em comentários aos líderes do G20 na quinta, mas que foram divulgados nesta sexta. "Calculamos que, para cada mês de quarentena, haverá uma perda de 2 pontos percentuais no crescimento anual do PIB. Somente o setor do turismo enfrenta uma diminuição da produção entre 50% a 70% nesse período. Muitas economias cairão em recessão", acrescentou a organização..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.