Imposto para importao de remdios zerado

Cmara de Comrcio Exterior zerou as tarifas de importao de mais 61 produtos farmacuticos e mdico-hospitalares devido pandemia do novo coronavrus

Andreia Verdlio Agncia Brasil | @jornalovale

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira que o governo zerou o imposto de importao sobre medicamentos como cloroquina e azitromicina. Em publicao no Twitter, Bolsonaro explicou que a medida visa facilitar o combate ao novo coronavrus e que os medicamentos so para uso exclusivo em hospitais e para pacientes em estado crtico.

"Essa reduo tambm se estende a outros produtos e vai fazer toda a diferena em nossa luta!", escreveu.

De acordo com o Ministrio da Economia, a Cmara de Comrcio Exterior (Camex) zerou as tarifas de importao de mais 61 produtos farmacuticos e mdico-hospitalares utilizados no enfrentamento da emergncia em sade devido ao novo coronavrus.

A Resoluo n 22/2020, com a lista dos produtos, foi publicada no DOU (Dirio Oficial da Unio) desta quinta-feira. Entre eles esto lcool etlico, oxignio e dixido de carbono medicinais; gaze, gua oxigenada, lenis de papel, luvas, esterilizadores e agulhas; equipamentos de oxigenao e de intubao, aparelhos de respirao artificial, termmetros, instrumentos e aparelhos para diagnstico.

Na semana passada, o governo j havia zerado a alquota de importao de 50 produtos mdicos e hospitalares e nesta quinta ampliou a medida. A iseno do imposto vale at 30 de setembro.

O presidente Jair Bolsonaro tambm anunciou nesta quinta que foram suspensos, temporariamente, os direitos antidumping para importaes de seringas descartveis e tubos para coleta de sangue. "Assim, poderemos adquirir esses equipamentos essenciais por preos menores e deix-los acessveis para a populao mais vulnervel", escreveu em publicao no Twitter.

O dumping uma prtica de concorrncia desleal que acontece quando uma empresa vende seus produtos em um outro pas por um preo reduzido, a um nvel que prejudique as empresas locais. Em vrios pases, medidas antidumping so tomadas para a proteo de produtores nacionais seja por meio da taxao ou cotas..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 8,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.