Câmara deve aprovar pagamento de R$ 500 a trabalhadores informais

http://www.ovale.com.br | Thais Perez

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que os deputados devem aprovar nesta quinta-feira (26) um projeto para garantir renda emergencial de R$ 500 a trabalhadores sem carteira assinada durante a pandemia do coronavírus.

A urgência do projeto já foi aprovada. Isso porque a Câmara deve aproveitar uma proposta de 2017 para renda emergencial. O impacto previsto deve chegar a R$ 12 bilhões até dezembro.

Se aprovado pela Câmara, o projeto seguirá para o Senado, e, depois, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O governo havia sugerido R$ 200 de auxílio aos trabalhadores, mas a proposta não chegou a ser enviada ao Congresso.

"Entendemos que a proposta do governo é pequena para aquilo que a população precisa", afirmou Maia. importante é que todos nós, em conjunto, possamos gerar as condições mínimas para que os brasileiros possam manter a determinação do Ministério da Saúde, da OMS, dos estados e das prefeituras [quarentena]", disse.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.