Para CNI, medida de Trump sobre Brasil é 'ilegal'

POSIÇÃO. A CNI (Confederação Nacional da Indústria) afirmou que considera que a decisão dos Estados Unidos de reclassificar os países em desenvolvimento, entre eles o Brasil, em investigações de medidas de defesa comercial, é "negativa e ilegal". A declaração foi emitida na tarde desta terça-feira, depois que o governo de Donald Trump anunciou que estava retirando o Brasil e mais 20 países da condição de economias em desenvolvimento em certos temas comerciais. A ilegalidade, para a CNI seria caracterizada por conta do fato de a medida "ter sido feita de forma unilateral, sem levar em conta as regras da OMC (Organização Mundial do Comércio)". "Na avaliação da Confederação, esse é mais um ato que reduz a importância do sistema multilateral de comércio", declarou..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.