Suzane Von Richthofen é aprovada para curso de Turismo em Campos do Jordão

Condenada pelo assassinato dos próprios pais, Suzane Von Richthofen foi aprovada pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para a graduação de turismo no IFSP (Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Educação de São Paulo), em Campos do Jordão.

Von Richtofen encontra-se presa em regime semiaberto há cinco anos na penitenciária feminina de Tremembé. Após o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ela ficou na oitava posição para o curso selecionado. O campus da faculdade fica a cerca de 40 quilômetros do presídio.

Caso se matricule, Suzane deve estudar no período noturno. Ela passou após obter uma pontuação de 608.42 pontos.

LEGISLAÇÃO.

A saída de presos do regime semiaberto para estudar é permitida pela legislação brasileira, desde que eles voltem para os presídios após as aulas. A condicionante é a de que o aluno mantenha um bom desempenho nos estudos.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.