Adiada sessão do Congresso para apreciar vetos e créditos adicionais

http://www.ovale.com.br | Thais Perez

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), transferiu a sessão conjunta do Congresso Nacional marcada para hoje (3) para concluir a votação de dois vetos presidenciais. A sessão foi remarcada para as 14h30.

A previsão é de que, além dos vetos, os parlamentares também deliberem sobre a aprovação de 24 projetos que abrem créditos adicionais no Orçamento, no valor de R$ 22,8 bilhões.

Na última terça-feira (27), a sessão do Congresso foi suspensa após os parlamentares terem derrubado sete vetos e mantido outros dois. Houve confusão na votação.

Ficaram pendentes de votação dois vetos. O que trata da minirreforma partidária e eleitoral, que barrou alguns pontos da Lei 13.977/19, sancionada em setembro, com 45 vetos. O Congresso já derrubou sete e um foi mantido.

O outro veto que vai ser analisado acaba com a preferência concedida a mulheres marisqueiras no pagamento de indenizações.

Amanhã (4) está prevista uma sessão do Congresso, para a promulgação da Emenda Constitucional 104/19, que cria as polícias penais federal, dos estados e do Distrito Federal.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.