Bolsonaro assina desfiliação do PSL e abre caminho para criar o Aliança

Oitavo partido da carreira política do presidente, PSL conta com segunda maior bancada de deputados na Câmara; Bolsonaro vai criar nova sigla

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (19) a desfiliação do PSL (Partido Social Liberal), segundo seus advogados. O documento deve ser entregue à diretoria nacional da legenda, enquanto outra via segue para a Justiça Eleitoral. Bolsonaro deixado o partido para criação de uma nova sigla, que deve ser nomeada como Aliança pelo Brasil.

A saída do presidente do PSL já havia sido confirmada na última semana. A decisão teria como motivação os atritos de Bolsonaro com o presidente do partido, Luciano Bivar. O PSL conta hoje com 53 dos 513 deputados federais, segunda maior bancada atrás apenas do PT, e três dos 81 senadores.

Para o novo partido, a ideia é a de que o presidente valide assinaturas que permitam a fundação da legenda até março de 2020, para que haja tempo de os membros poderem concorrer às eleições municipais. O grupo precisa colher 500 mil assinaturas em ao menos nove estados e entregá-las ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

FILIAÇÃO.

O presidente ingressou no PSL em março do ano passado para disputar as eleições presidenciais. Com a sua filiação, o partido, antes nanico, foi o segundo com mais cadeiras na Câmara, ficando atrás apenas do PT (Partido dos Trabalhadores). Em 20 anos, Bolsonaro passou por oito partidos: PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.