Reforma em SP vai gerar economia de R$ 32 bilhes, diz Doria

Proposta encaminhada Assembleia apresenta alteraes nas regras de aposentadoria e penso dos servidores

Das agncias @jornalovale | @jornalovale

O Governo de São Paulo apresentou nesta sexta-feira o projeto de Reforma da Previdência para os servidores estaduais. "Essa reforma é imprescindível para o estado. A previsão do governo é de uma economia de R$32 bilhões em 10 anos", afirmou o governador João Doria.

A medida está contemplada em uma Proposta de Emenda à Constituição do Estado e em um Projeto de Lei Complementar de Reforma da Previdência do Estado de São Paulo que serão encaminhados à Assembleia Legislativa. Segundo o governo, a reforma vai garantir a sustentabilidade financeira dos recursos públicos e a recuperação da capacidade de investimento estadual.

Em 2018, dos R$ 34,3 bilhões gastos para pagar 550.000 aposentados e pensionistas estaduais: R$ 29,5 bilhões vieram de fontes do governo e R$ 4,8 bilhões da contribuição dos servidores. A projeção do estado é que, em 2022, os gastos com os aposentados e pensionistas ultrapasse o despendido com os 643 mil servidores ativos.

Os projetos são similares à Reforma Federal ao instituir a fixação de idade mínima, respeito ao teto do Regime Geral da Previdência Social para cálculo dos benefícios, novas regras para pensão por morte e contribuição de 14% para inativos. Serão mantidas regras especiais para professores, policiais e pessoas com deficiência. Também haverá transição para servidores que já ingressaram. O secretário de Estado da Fazenda, Henrique Meirelles, lembrou que 14 unidades da federação descumprem o teto de despesas com pessoal ao comprometer até 80% de suas receitas, o que não ocorre em São Paulo..

 

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.