Logo Jornal OVALE

Governo aguarda proposta da China para investir em estrutura

MERCADO. O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta terça-feira que o governo brasileiro tem expectativa de receber uma proposta da China para participar do programa de investimentos chineses que tem sido chamado de "nova rota da seda". Mourão viaja na quinta-feira para a China para participar da reunião da Cosban (Comissão Sino-brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação).

"Ficaremos na expectativa sobre a propostas que os chineses irão apresentar. Só depois, quando o presidente [Jair Bolsonaro] for em agosto [para a China], é que poderá ter uma decisão sobre nossa participação", explicou Mourão, ao deixar seu gabinete no Palácio do Planalto, em Brasília.

Para o vice-presidente, o acordo e os investimentos precisam abranger áreas de interesse para o Brasil. "O investimento tem que vir aonde nós queremos e tem que ser um investimento que contrate brasileiros e não chineses".

A Cosban é uma instância de cooperação e diálogo regular de alto nível entre Brasil e China, mas as reuniões não acontecem desde 2015. No Brasil, a missão é presidida pelo vice-presidente da República. Além de compromissos no âmbito da Cosban, na China, Mourão também se encontra com o presidente Xi Jinping..