Logo Jornal OVALE

Defesa alega que ex-presidente não fazia parte de organização criminosa

JUSTIFICATIVA. No pedido de liberdade ao STJ, a defesa do ex-presdente havia afirmado que ele "nunca integrou organização criminosa nem praticou outras modalidades de crime, muito menos constitui ameaça à ordem pública". Os advogados acrescentaram que ele "é um pai de família honrado, que não merece, aos 78 anos de vida, ver-se submetido ao cárcere". A defesa do coronel Lima, por sua vez, havia alegado que el deveria ser solto por estar em estado de saúde "gravíssimo e periclitante", sendo portador de diabetes e tendo sido vitimado por dois AVC's..