Logo Jornal OVALE

Recuperao econmica gradual do Brasil foi interrompida, diz BC

Segundo ata da reunio do Copom, arrefecimento da atividade observado no final de 2018 teve continuidade no incio de 2019; indicadores do primeiro trimestre induziram revises substantivas nas projees de instituies financeiras

Kelly Oliveira Agncia Brasil | @jornalovale

O processo de recuperação gradual da atividade econômica sofreu interrupção no período recente, mas a expectativa é de retomada adiante. Essa é a conclusão do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central), que decidiu na última quarta-feira manter a taxa básica de juros, a Selic, em 6,5% ao ano.

Segundo ata da reunião do Copom, o arrefecimento da atividade observado no final de 2018 teve continuidade no início de 2019. "Em particular, os indicadores disponíveis sugerem probabilidade relevante de que o PIB (Produto Interno Bruto) tenha recuado ligeiramente no primeiro trimestre do ano, na comparação com o trimestre anterior, após considerados os padrões sazonais", diz o documento.

O Copom acrescenta que os indicadores do primeiro trimestre induziram revisões substantivas nas projeções de instituições financeiras para o crescimento do PIB em 2019. "Essas revisões refletem um primeiro trimestre aquém do esperado, com implicações para o "carregamento estatístico" [herança do que ocorreu no ano anterior], mas também embutem alguma redução do ritmo de crescimento previsto para os próximos trimestres", destacou.

Nesse cenário, o Copom avaliou que seria necessário manter a Selic em 6,5% ao ano.

"O comitê julga importante observar o comportamento da economia brasileira ao longo do tempo, livre dos efeitos remanescentes dos diversos choques a que foi submetida no ano passado e, em especial, com redução do grau de incerteza a que a economia brasileira continua exposta", diz a ata. O Copom acrescentou que essa avaliação sobre o desempenho da economia demanda tempo e não deverá ser concluída a curto prazo. "O comitê ressalta que os próximos passos da política monetária [definição da taxa Selic] continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação", afirmou..