Rede de Inclusão já atende 1.146 pessoas

OVALE Brand Studio |

A RIA (Rede de Inclusão ao Autista), em São José dos Campos, conta com um sistema informatizado onde todas as secretarias municipais podem cadastrar e monitorar a pessoa com TEA (Transtorno do Espectro Autista), garantindo acesso a todos os serviços.

Além de inclusão nos serviços, a Rede ainda integra capacitação dos profissionais para oferecer um atendimento cada vez mais adequado ao autista desde a infância até a vida adulta.

Os profissionais que passam pela capacitação são médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, psiquiatras, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e professores e orientadores. Atualmente, em São José, são 1.146 usuários cadastrados na RIA, de acordo com dados atualizados fornecidos pela prefeitura.

A Rede é resultado de reuniões promovidas pela Frente Parlamentar em Apoio à Pessoa com Autismo, criada em abril de 2018 pela Câmara e encerrada no final de 2019.

Os 16 encontros, que reuniram pais de crianças e jovens autistas, vereadores, representantes do poder público, de entidades assistenciais e instituições de ensino, tiveram como objetivo desenvolver e propor políticas públicas para atender pessoas com autismo na cidade. Esse sistema integrado abrange as diversos setores, como as secretarias de Saúde, Educação e Cidadania, Esporte e Lazer, Apoio Social ao Cidadão, Mobilidade Urbana e a FCCR (Fundação Cultural Cassiano Ricardo).

Além do acompanhamento e monitoramento do paciente, o serviço também oferecerá apoio às famílias do autista, por meio de palestras e seminários.

O paciente identificado com TEA deve ter seu CPF cadastrado em algum serviço da prefeitura para integrar este sistema de informação unificado. Ao acessar o cadastro, será possível identificar em quais serviços públicos o paciente está inserido e acompanhar as ações inclusivas de cada secretaria no atendimento.

Autismo é tema na grade da TV Câmara

Em abril, o azul dá cor ao mês de conscientização do autismo e a TV Câmara produziu dois programas com conteúdos inéditos a respeito do tema. Ambos abordam esta síndrome do desenvolvimento humano que altera o comportamento na comunicação e interação social da pessoa com TEA (Transtorno do Espectro Autista).

O programa Dicas de Saúde trouxe informações médicas sobre o distúrbio, perceptível ainda na infância. A convidada é a psiquiatra Ana Paula Werberich Lange que explica as causas da doença, os primeiros sinais, como é feito o diagnóstico, o tratamento e faz esclarecimentos sobre a questão genética e de hereditariedade.

Já o programa Com a Palavra entrevista a gerente técnica do GAIA de São José dos Campos, Eliana Sodré. Ela faz uma apresentação do atendimento feito pela entidade aos autistas, os programas assistenciais, o trabalho de consultoria oferecido às escolas e conta um pouco da história da associação, criada em 2005.

As entrevistas são reprisadas na programação da emissora (canal 7 da Net e 9 da Vivo) durante o mês de abril e também podem ser vistas no Youtube da TV Câmara. Também este mês, a TV incluiu ao longo da sua programação o quadro Câmara Serviço com dicas e abordagens sobre o autismo.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.