Inspiração do som na placa

A joseense Julia Ferrari não imaginava no início o quanto estaria inovando com seu "Som na Placa". A inspiração veio com a quarentena, quando, como ela mesma diz, "não aguentou ficar parada" e teve uma ideia. Ideia que virou projeto, que virou pesquisa e execução. E que hoje está sendo comercializada por todo o Brasil, entre apreciadores de todas as idades e quem sabe, daqui um tempo, ganhe o mundo por meio do comércio eletrônico.

"Mais que uma placa decorativa em acrílico personalizado com sua música, álbum ou playlist favoritos do Spotify, o @somnaplaca pretende trazer a experiência das músicas favoritas para qualquer ambiente offline e independente do celular", conta Júlia.

"Isso tudo vai além: a experiência de dar sentido à uma placa decorativa e a um ambiente por meio da música é completamente emocional e por isso, temos tido tantas procuras nos últimos dias por pessoas de todas as idades", completa ela.

Segundo ela, o 'Som na Placa' ultrapassa o conceito de arte decorativa e interativa, uma vez que cada placa pode ser 100% personalizada de acordo com o estilo e preferência musical de cada um. Atualmente, é comercializado para todo o Brasil, mas Júlia, como reside na Austrália, já fez uma pesquisa informal entre os amigos da terra dos cangurus que já apontaram interesse em ter também sua placa de acrílico personalizada com sua música favorita.

"Este produto é inédito e pretende trazer mais emoção à casa, ao ambiente de trabalho. Por isso, nesta pandemia, percebemos o quanto objetos decorativos que integram a casa podem ser tão importantes para estas horas extras dentro do lar. Com o toque musical e interativo da música, certamente torna a experiência mais interessante", completa Júlia.

Além do formato mini, há placas nos formatos Clássico e Plus. E esperem: para lhe acompanhar pra lá e pra cá, Julia já colocou no mercado a opção chaveiro com corrente. Para conhecer mais, acesse no Instagram o @somnaplaca..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.