Empresas liberam conteúdo gratuitamente para quem está em casa

Thais Perez @jornalovale | @jornalovale

"Ficar em casa é mais barato", é uma frase que geralmente ouvimos daqueles que são mais pão duros, ou melhor, econômicos. Talvez ele seja um pouquinho de exagero em algumas situações, mas é verdade. Ingresso de cinema, entrada para shows e uma simples ida a um restaurante custam caro.

Para aproveitar a fase de isolamento social que o país passa depois da pandemia do Codvid-19 com ainda mais economia, algumas empresas disponibilizaram seu catálogo gratuitamente para o público em geral.

A Globoplay, serviço de streaming da Rede Globo, disponibilizou temporadas da novela "Malhação" gratuitamente em seu catálogo. De acordo com a empresa, o foco é principalmente o público infantil, que em várias partes do mundo foi dispensado das escolas.

A Spcine também disponibilizou parte de seu catálogo para o público. Entre as obras, estão filmes de diretores brasileiros e até um especial de Zé do Caixão, que faleceu recentemente -- boa hora para conhecer seu trabalho mais a fundo e gratuitamente.

Também está disponível o filme "Maré, Nossa História de Amor", uma adaptação livre de Romeu e Julieta num musical passado numa favela do Rio de Janeiro. Participante do BBB 20, o ator Babu Santana, está no elenco junto com Marisa Orth.

Outro filme que pode ser visto gratuitamente é o "Quase Dois Irmãos", que mostra o nascimento do Comando Vermelho no Rio de Janeiro.

O documentário "O Caso do Homem Errado" também está disponível. Ele conta a história do jovem operário negro Júlio César de Melo Pinto, que foi executado pela Brigada Militar, nos anos 1980, em Porto Alegre. O crime ganhou notoriedade após a imprensa divulgar fotos de Júlio sendo colocado com vida na viatura e chegar, 37 minutos depois, morto a tiros no hospital.

Diversas operadoras de TV à cabo disponibilizaram todos os canais para seus clientes, incluindo canais de filmes como o HBO e o Telecine.

A loja da Amazon disponibiliza uma lista de obras que podem ser baixadas gratuitamente, como clássicos da literatura brasileira até livros de romance, além de conteúdo acadêmico. Eles podem ser baixados para serem lidos no Kindle ou no celular.

Outra opção de entretenimento são as visitas virtuais por museus do mundo. O site Arts and Culture do Google disponibiliza os catálogos de mais de 500 museus pelo mundo inteiro.

Um deles é o MoMa (Museu da Arte Moderna) de Nova Iorque, além do famoso Louvre, em Paris.

Aqui na região, os visitantes virtuais podem fazer um tour de 360 graus pelo Museu Felicia Leirner, que fica em Campos do Jordão e é especializado em esculturas..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.