Sem shows e apresentações, artistas apostam em 'lives' nas redes

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Apresentações canceladas, shows adiados, produções suspensas. A pandemia do coronavírus obrigou todos a permanecer em casa, inclusive os artistas. E, para dar uma palhinha para o público que não pode sair na rua, muitos músicos estão apostando em mostrar suas canções em transmissões online.

Por aqui, o maior sucesso foi no último sábado, do cantor sertanejo Gusttavo Lima, que atraiu mais de 750 mil acessos simultâneos em uma live no último sábado -- foram quase cinco horas de transmissão.

Seguindo a onda, os também sertanejos Jorge&Mateus já anunciaram que neste sábado tem mais: será a vez deles de fazer os fãs em casa cantarem acompanhando ao vivo. Antes, a cantora pop Ludmilla também já havia atraído público para sua live.

A medida também foi adotada por artistas internacionais. O Kiss tinha uma turnê marcada para o Brasil em maio, mas ela acabou adiada para novembro: o vocalista Paul Stanley tem aproveitado para publicar vídeos cantando no Instagram.

O mesmo aconteceu com Chris Martin, líder do Coldplay, que fez uma live de mais de 30 minutos respondendo perguntas de seus seguidores, e, claro, cantando sucessos da banda britânica.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.