Blocos de São José dão início ao Carnaval com folia tradicional e familiar

Thais Perez @_thaisperez | @_thaisperez

As ruas de São José dos Campos vão ficar mais coloridas a partir desta quinta-feira. No dia 20 de fevereiro o "entrudo" Pirô Piraquara vai abrir as alas para o Carnaval da cidade.

O bloco já desfila pelas ruas do coração do centro da cidade há 32 anos e neste ano tem como objetivo o objetivo é semear a cultura dos blocos da cidade.

Com a Banda de Santana à frente das festividades, o Pirô vai sair da Praça Afonso Pena a partir das 19h.

O Pirô Piraquara também conta com percussão do projeto Patuscada, ala das baianas e convida a todos para a folia nas ruas.

O hino do Pirô, composto por Nilton Blau, será tocado e entoado pelos foliões, além de outros hinos joseenses serão tocados, como o do Bloco do Inpe e Galinha D'Angola.

"Acreditamos que diante desse clima latente do Carnaval, uma festa cada vez mais produrada, vai fazer com que as pessoas tenham um interesse maior no Pirô", afirma Aldo Zonini, presidente da FCCR (Fundação Cultural Cassiano Ricardo).

O Pirô Piraquara sai novamente às ruas para festejar na manhã de sábado, dia 22 de fevereiro, ao lado do Mercado Municipal.

GALINHA D' ANGOLA.

Um dos blocos mais queridos de São José também está com os preparativos prontos para o Carnaval. O Bloco Galinha D' Angola sairá às ruas neste domingo, dia 23 de fevereiro, a partir das 10h.

O que começiu como uma festa de carnaval apenas para funcionários virou um bloco que recebe cerca de 20 mil pessoas por ano.

O Galinha D' Angola percorre os arrededores do Parque Vicentina, capturando todos os "domingueiros" já frequentadores do parque.

Seu Nívio Pinheiro e sua esposa são fiéis ao bloco desde que nasceu, em 2013. Com 68 anos, não deixa de frequentar a festa com sua família e amigos, que ganhou de presente através da folia.

"Não costumávamos pular Carnaval, mas o bloco é só alegria. É muito gostoso e familiar", conta ele, que também desfila no Pirô..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.