Projeto de núcleo circense deve sair do papel este mês em São José

Thais Perez @_thaisperez | @_thaisperez

O edital do programa "Circo Escola", prometido pela gestão de Felicio Ramuth (PSDB) para este ano, tem previsão de ser lançado até o final deste mês.

O projeto da FCCR (Fundação Cultural Cassiano Ricardo) de São José dos Campos vai oferecer aulas gratuitas de modalidades do circo.

De acordo com a instituição, o projeto que havia sido previsto para ser lançado no final de junho deste ano, deve ser lançado até as últimas semanas de dezembro. Ao invés de "Circo Escola", ele deve se chamar "Centro de Formação em Arte Circense".

No programa serão oferecidos cursos profissionalizantes para pessoas que tenham conhecimento prévio em atividades de circo.

Até 40 pessoas serão selecionadas para participar da formação. Os selecionados então poderão oferecer cursos dentro de áreas de interesse escolhidas no edital.

A intenção é criar uma espécie de companhia profissional de circo da cidade.

"Eles vão atuar e criar espetáculos, circular pela cidade e fazer efeito multiplicador, oferecendo esses cursos", afirmou o presidente da FCCR, Aldo Zonzini.

Segundo a FCCR, os cursos de circo do programa Arte nos Bairros tem cerca de 400 alunos em toda a cidade.

As atividades do "Circo Escola" vão ser concentradas na Casa de Cultura Flávio Craveiro, na zona sul.

Entre as modalidades estarão cursos de tecidos aéreos, malabares, entre outros.

Poderão se inscrever para o núcleo profissional pessoas maiores de 16 anos. A

A criação do projeto foi uma das promessas de campanha do governo Felicio Ramuth (PSDB) e seria uma das respostas à probição de apresentações circenses nas ruas.

MALABARES.

Em fevereiro deste ano, a Câmara de São José dos Campos aprovou uma lei que substitui a antiga 'Lei dos Malabares', que proibia a apresentações artísticas em locais como sinais de trânsito.

O texto da prefeitura determina que a realização de apresentações e atividades artísticas só podem acontecer em locais pré-estabelecidos, como praças, áreas verdes e parques municipais. Em contrapartida, a prefeitura lançou um edital "Arte nas Ruas" para credenciar artistas para esse tipo de atividade. Segundo a FCCR, cerca de 50 artistas foram selecionados pelo edital e ganham R$ 40 por apresentação..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.