OVALE lana ferramenta especial com programas explicativos e para combater fake news

A guerra contra a pandemia do coronavrus e a onda das fake news, a praga das notcias falsas que atrapalham a correta orientao da populao; jornalismo farol e luz contra obscurantismo

Da reda[email protected] | @jornalovale

Luz e sombra.

Ciência e negacionismo. Fatos e boatos. Verdade e mentira.

Em um mundo cada dia mais e mais conectado, em que nossa timeline é bombardeada por conteúdos dos mais distintos e variados, como podemos separar o joio do trigo?

Verdade e fake news?

Diante de um mar revolto, em que ondas tsunâmicas põem as embarcações em risco, cabe ao jornalismo o papel de farol, um feixe de luz capaz de guiar uma sociedade livre ao porto seguro da informação -- como mostra o grafite 'A liberdade informando o povo', feito em 2019 pelo artista Alemão Arte, no hall de entrada de OVALE.

E as fake news, classificadas pela ONU (Organização das Nações Unidas) como ameaças globais contra a democracia?

Elas são como afundadores -- criminosos que na Europa dos séculos 17 e 18 construíam falsos faróis para atrair navios até zonas rochosas, para que afundassem e fossem atacados e saqueados.

E a indústria da desinformação, que busca hackear o pensamento de suas vítimas, mostra seu poder destrutivo nessa pandemia. Ela pode até parecer inofensiva, ao dizer que fazer gargarejo com vinagre mata o vírus. Não mata.

A verdade, no entanto, é que ela pode causar estragos, quando leva pessoas a comprarem remédios sem prescrição médica ou abandonarem o tão vital isolamento social, pondo vidas em risco.

Principal referência jornalística da região, OVALE reforça sua cruzada contra a onda das fake news. O jornal lança dois novos serviços para ajudar os leitores a identificar o que é verdade e o que é mentira.

Neste final de semana, o jornal lança o 'Verifica OVALE', uma área no site do jornal especializada em desmascarar fake news, com um serviço de checagem de informações.

Também vai lançar o programa 'Escola de Notícia', que contará com série de vídeos explicando, didaticamente, o papel do jornalismo, o que são fake news e como identificar uma notícia falsa.

Trata-se de um produto voltado ao público de escolas, como alunos e professores, que com frequência recorrem a OVALE para palestras e aulas sobre o tema, porém também serve aos leitores em geral.

"Há uma guerra em curso, uma guerra entre informação e desinformação, luz e sombra, verdade e mentira, fato e boato. O jornalismo é o melhor remédio contra a essa epidemia de fake news que, como fica claro no caso da pandemia, tem efeitos devastadores em nossa sociedade", disse o editor-chefe de OVALE, Guilhermo Codazzi.

O serviço estará disponível nas redes sociais e plataformas digitais do jornal, e também vai ser encaminhado a escolas. É uma espécie de extensão do trabalho de palestras que o veículo vem fazendo com estudantes da região.

"Verifica OVALE, serviço de checagem de fake news, é uma excelente iniciativa, sobretudo em tempos de coronavírus. Informação falsa ou contaminada pode não apenas enganar, mas matar e envenenar. Informação de qualidade é o melhor antídoto contra a mentira", disse Carlos Alberto Di Franco, doutor em Comunicação pela Universidade de Navarra.

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 8,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.