Pandemia eleva gastos da prefeitura de Jacareí com a JTU

Governo alega que número atual de passageiros é insuficiente para cobrir custos totais com a operação

Thaís Leite @_thaisleite | @jornalovale

A Prefeitura de Jacareí já pagou cerca de R$ 1,1 milhão à JTU (Jacareí Transporte Urbano) como uma forma de custeio do transporte coletivo desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus. O município aponta que o repasse é feito para evitar colapso no sistema, que ainda estaria afetado pela queda de passageiros.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o movimento diário atual nos ônibus conta com aproximadamente 36 mil passageiros a menos do que em períodos de normalidade. O registro médio tem sido de 18 mil pessoas, contra o de 54 mil antes da pandemia. Durante a quarentena, a queda já chegou a ser de 75%.

O governo Izaias Santana (PSDB) justifica que a redução de passageiros tem gerado uma arrecadação insuficiente para cobrir os gastos totais da operação, o que provocou o pagamento do custeio pelo município à empresa. O início dos pagamentos foi em maio, mês em que funcionários da concessionária chegaram a entrar em greve após atraso nos salários. "A prefeitura de Jacareí está agindo de forma a evitar o colapso do sistema, algo que impactaria diretamente a vida dos usuários que necessitam deste modal para realizar suas atividades", diz nota.

Pelo Portal da Transparência, os valores de maio somam R$ 757,3 mil. Em junho, R$ 364 mil. A JTU não comentou..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.