Nossa Região

Apesar do ritmo lento, vacinação já reduz avanço de casos e mortes por Covid na RMVale

Vale do Paraíba tem 14% da população completamente imunizada e vê primeiros resultados de queda no contágio, mas com números ainda altos

Publicado em 10/07/2021 às 02:00Atualizado há 22/07/2021 às 12:16

O Vale do Paraíba começa a sentir os primeiros impactos positivos da vacinação contra a Covid-19, ainda que o ritmo esteja abaixo do ideal para controlar a pandemia do novo coronavírus.

Com 14% da população imunizada com as duas doses ou a dose única da vacina Jansen, julho começou com a menor quantidade de casos confirmados e de mortes por Covid-19 na região desde março, sinal de que a doença começa a perder fôlego, mesmo que ainda lentamente. Na região, 45% da população já recebeu pelo menos a primeira dose da vacina.

Pela primeira vez em três meses, a RMVale não ultrapassou a marca de 6.000 diagnósticos positivos e de 150 mortes na primeira semana do mês.

Isso aconteceu com os meses anteriores: 6.716 contaminados e 172 mortes nos sete primeiros dias de junho, 8.162 casos e 247 óbitos em maio e 6.540 infectados e 198 mortes em abril. Até a última quarta-feira (7), julho acumula 5.476 contaminados e 147 mortes.

“Analisando os óbitos por Covid na região percebe-se queda bem mais acentuada do que a de casos. A meu ver, indício claro do efeito da vacinação começando a aparecer mais”, avalia o estatístico Paulo Barja, professor da FEAU (Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo) da Univap (Universidade do Vale do Paraíba).

Os números confirmam a análise de Barja. Na média móvel dos últimos sete dias, a quantidade de novos casos confirmados de Covid caiu 25,8%, de 7.384 para 5.476, enquanto que a de mortes recuou menos, 6,3%, de 157 para 147.

Na média móvel dos últimos 14 dias, os percentuais de queda são semelhantes, mas com um aumento maior na comparação dos óbitos, o que pode apontar uma tendência de queda mais robusta da mortalidade nas próximas semanas.

Caiu 27,3% na região a quantidade de novos casos em 14 dias --12.860 a 17.688 -- e 17,3% na de mortes -- 304 a 368.

CUIDADO.

No entanto, apesar da queda, a situação não está confortável e exige manutenção dos cuidados sanitários, como distanciamento, higienização e uso de máscaras, porque o número de casos e mortes se mantém em patamar elevado. A letalidade segue em um nível alto, com 2,68% e abaixo apenas de maio e abril deste ano, na casa de 3%, e de junho e julho de 2020 (3,8%)..

médico (Divulgação)
médico (Divulgação)
Vacinação contra a Covid-19 em São José dos Campos (Divulgação/PMSJC)
Menino com espada (Divulgação)
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: