Nossa Região

Região tem 48%dos hospitais com leitos de UTI cheios

Levantamento do Codivap mostra 16 dos 33 hospitais da região com ocupação de leitos de UTI acima de 90%; e 8 com 100%

Xandu Alves@xandualves10Publicado em 17/04/2021 às 02:00Atualizado há 24/07/2021 às 02:26
Em risco. Números apontam aumento no contágio pelo coronavírus (Divulgação)

Em risco. Números apontam aumento no contágio pelo coronavírus (Divulgação)

Dezesseis hospitais da RMVale estão no limite, ou acima dele, para a capacidade de internar pacientes graves em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O número representa 48% do total de unidades com leitos para Covid-19. Todas elas estão com 90% ou mais de ocupação.

Para piorar, oito hospitais já estão com 100% da capacidade de atender pacientes graves, o que os impede de receber novos infectados.

Os dados são da DRS (Diretoria Regional de Saúde) de Taubaté e compilados pelo Codivap, a Associação dos Municípios do Vale do Paraíba.

Em Taubaté, por exemplo, de acordo com o deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV), 12 pacientes aguardam leito de internação (leia entrevista na página 16).

A regional de Taubaté é a que tem o maior percentual de ocupação de leitos do Vale, segundo dados da DRS. Os hospitais de Taubaté e Pindamonhangaba estão com 93,2% de taxa de ocupação, em média.

As três unidades de Pindamonhangaba estão com 100%: Santa Casa, Hospital de Campanha e Hospital 10 de Julho. Taubaté tem 97,8% no Hospital Universitário, 88% no Regional e 82,8% no de Campanha.

Outros hospitais lotados na região são a Santa Casa de São José, o Antonio Afonso em Jacareí e o Unimed em Lorena.

Na quinta-feira (15), a região tinha 624 leitos de UTI Covid para internação, com 524 deles ocupados (84%)..

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: