Obra na SP-62, em Taubaté, vai atrasar ao menos quatro meses

Iniciada em março de 2019, obra deveria ser entregue esse mês, mas previsão passou para outubro, segundo a prefeitura

A obra de revitalização do trecho urbano da rodovia SP-62, em Taubaté, vai atrasar pelo menos quatro meses.

Iniciada em março de 2019, a obra tinha prazo de conclusão de 15 meses. Ou seja, deveria ficar pronta esse mês. No entanto, segundo a prefeitura, só deve ser entregue em outubro.

De acordo com a última medição, a obra está com 81% de execução. Segundo o governo Ortiz Junior (PSDB), o atraso ocorreu devido à “inclusão de novos serviços no contrato, como a drenagem na região do hospital São Lucas além da implantação de calçadas e ciclovia deste o Santa Tereza até a região do Taubaté Shopping”.

A obra, que deveria custar R$ 18,8 milhões (valor dividido entre Prefeitura e Estado), já está 24,97% mais cara – o acréscimo de R$ 4,7 milhões será pago pelo município.

As melhorias serão feitas em 6,3 quilômetros de extensão, englobando as avenidas Emílio Amadei Beringhs, Carlos Pedroso da Silveira e Charles Schnneider.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.